Visitantes

Nós temos 10 visitantes online

design by A.Coutinho - powered by Joomla!
Problemas na visualização?
copyright © 2011, A.Coutinho - Todos os direitos reservados.
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem autorização expressa.
HTML Válido! - CSS Válido!

Início - Histórico

 

Histórico Imprimir E-mail

A Expedição Amazônia pretende ser uma viagem ao logo do rio Araguaia e um pequeno trecho do rio Tocantins, entre as cidades de Aruanã, em Goiás, e Marabá, no Pará.

O mapa abaixo oferece uma visão ampla do percurso previsto e sua localização em relação ao país e suas unidades federativas:

mapa da expedição

A ideia desta viagem se inspirou na saga de Couto de Magalhães e na leitura de J.A.Leite Moraes, que no terço final do Sec.XIX fizeram algumas incursões pelo Araguaia e o Tocantins, pretendendo tornar real a idéia de criar uma imensa hidrovia, ligando o interior do país ao porto de Belém

As intenções de Couto de Magalhães eram as melhores possíveis, todavia, imagina-se que o valoroso explorador não levou na devida perspectiva as características peculiares do Araguaia, e tampouco a violência das quedas e corredeiras do Tocantins (naquela época!). Sobre tais acidentes, J.A.Leite Moraes  nos conta:  "Pensar em canalizar o Araguaia e o Tocantins em sua parte encachoeirada é perder o tempo em conjeturar como se pode realizar o impossível." (in "Apontamentos de Viagem", Ed.Companhia.das Letras, SP, 1995, pg.215).

Hoje há mudanças consideráveis, inclusive decorrentes da barragem que viabilizou a construção da hidrelétrica de Tucuruí, no Pará. Diversas corredeiras e quedas d'água desapareceram. Não obstante, uma viagem de tal envergadura ainda representa uma aventura para poucos e com certeza deve resultar em um rico acervo de dados e informações, valiosos para quem tenha a vontade e disposição de traçar políticas sérias que visem a preservação ambiental e a sustentabilidade do vale do Araguaia.