Visitantes

Nós temos 12 visitantes online

design by A.Coutinho - powered by Joomla!
Problemas na visualização?
copyright © 2011, A.Coutinho - Todos os direitos reservados.
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem autorização expressa.
HTML Válido! - CSS Válido!

Início - Diário - Terceiro dia [17/08/2011]

 

Diário de bordo

Acompanhamento diário da Expedição.

Terceiro dia [17/08/2011]

Postado por Alvaro Coutinho
Alvaro Coutinho
Alvaro Coutinho ainda não preencheu sua biografia
Usuário está offline
em Seg, 22 Agosto 2011 em Diário

Deixamos o acampamento na barreira do Landi em torno de 09:15h.e descemos o rio até a Fazenda São Joaquim (próximo ao lago de mesmo nome), de propriedade do Sr.Antônio Divino, onde fomos recebidos pela esposa do proprietário, Sra Ercilia, que não nos deixou sair antes do almoço. O proprietário chegou hora mais tarde, entabulando uma animada conversa com o José Olegário, dado a grande afinidade entre ambos (criadores de gado Nelore). Resgistre-se a vitalidade da Sra.Mâe do Sr.Antonio, hoje com mais de noventa anos; ativa, não parava um só instante, hora no fogão, hora na área externa da casa... Conhecidos antigos do José Olegário - que não os via há mais de 30 anos -, do tempo em que pescava com seu já falecido Pai.

Após lauto almoço, agradecemos a acolhida, nos despedimos, e por volta de 12:30h. prosseguimos viagem. O panorama geral mudou pouco em relação às etapas anteriores até avistarmos a localidade de São José dos Bandeirantes, por volta das 15:10h.

A parada em Bandeirantes foi curta e ligeira, sem detalhes a comentar.Ao longo dessas três primeiras etapas, observamos uma ocorrência impressionante de condomínios e muito trânsito no rio.  Notamos também um número elevado de construções junto às margens, em grande parte, casas bem fabricadas e algumas até poder-se-ia dizer luxuosas, de veraneio. Isso resulta em um fenômeno curioso: muitas construções engolidas pelo rio, em seu inexorável processo de derrocada das margens, contribuindo também para o assoreamento que se nota.

Nessa terceira etapa vimos o primeiro Jacaré, um exemplar da espécie conhecida na região como Arurá, de aproximados 2 metros de comprimento. Isso nos chamou a atenção para a baixa ocorrência de animais, observados até aqui. Um Jacaré para quase 200 km de rio Araguaia. É caso para se pensar a respeito.

Durante toda a viagem o tempo se manteve de sol forte e céu limpo. Nesta quarta-feira ventou forte pelo início da tarde, porém por pouco tempo.

Paramos para passar a noite em torno das 18:00h. próximo ao lugar conhecido por ribeirão Danta.

 

Veja imagens relativas ao terceiro dia da viagem.

 

TAGs: Sem TAGs

Comentários

Para fazer um comentário, você precisa estar conectado. Clique AQUI e faça seu login.
Powered by EasyBlog for Joomla!