Visitantes

Nós temos 16 visitantes online

design by A.Coutinho - powered by Joomla!
Problemas na visualização?
copyright © 2011, A.Coutinho - Todos os direitos reservados.
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem autorização expressa.
HTML Válido! - CSS Válido!

Início - Diário - Décimo quarto dia [28/08/2011]

 

Diário de bordo

Acompanhamento diário da Expedição.

Décimo quarto dia [28/08/2011]

Postado por Alvaro Coutinho
Alvaro Coutinho
Alvaro Coutinho ainda não preencheu sua biografia
Usuário está offline
em Sex, 02 Setembro 2011 em Diário

Deixamos a praia e o acampamento abaixo da Barreira do Campo às 08:20h. desse domingo, 28 de agosto. Dia bonito, de sol brilhante, mas agora já vemos um pouco mais de núvens no céu. Prosseguimos em boa marcha até a localidade de Caseara a pouco mais de uma rio abaixo, na marcha em que estamos imprimindo à viagem, algo próximo a 14km/h em média.

Atingimos o porto da balsa, onde descobrimos que seria preciso dar uma boa volta, entrando em um rio de boa largura, para chegar mais próximo da cidade. Levamos mais uma boa hora e meia para chegar até o porto próximo aos recursos que precisávamos acessar. Repor gás de cozinha, abastecer combustível para o motor, cerveja e alguns víveres. Alí, tentamos também obter um chip da Oi, única operadora de telefonia celular disponível nas localidade em que aportamos depois de São Félix.

Compramos o chip, mas perdemos o tempo, pois nenhum de nossos aparelhos aceitou o novo chip... Continuamos um tanto incomunicáveis e sem poder atualizar o site da expedição. Para possíveis outras expedições, teremos que repensar o equipamento de comunicação, obter acesso a todas as operadoras possíveis e um notebook mais robusto; com mais recursos. Nesse aspecto, ficamos deixando a desejar.

Em Caseara ficamos outra vez sem piloteiro. Nosso guia Karajá, que até aqui foi de inestimável ajuda, notadamente na comunicação com as aldeias indígenas, de repente foi acometido por uma imperativa saudade dos filhinhos e simplesmente resolveu retornar a sua Aldeia, próximo a São Félix. Olegário acertou com ele a paga combinada e voltamos à nossa aventura, agora apenas os três, Olegário, Paladini e eu, Alvaro Coutinho. Rumo norte, em busca da localidade de Santa Maria, no Pará. A partir de Santa Maria o rio muda bastante, começando o perigoso trecho de pedreiras, corredeiras e águas traiçoeiras. Lá esperamos conseguir um novo piloteiro, conhecedor dos caminhos por entre as pedras e trechos perigosos.

Almoçamos em uma minúscula praia, encravada na mata do lado paraense do rio; um lugarzinho lindo de ver... Novo show de peixada, preparada pelo Olegário, agora com um molho de batatas sauté, delícia pura.

O restante do domingo transcorreu sem novidades. Navegamos a tarde toda, parando por volta de 16:40h. em um canto de praia, já bem próximo de Santa Maria das Barreiras (PA), onde pensamos conseguir um novo piloteiro. De qualquer forma, teria sido necessária essa providência, pois é preciso ser um bom conhecedor do rio nesse ponto, onde começam os trechos com pedras, corredeiras e trechos de maior perigo à navegação.

Nessa noite de domingo foi a vez de Paladini nos brindar com uma deliciosa omelete. Alguns momentos antes, Paladini pescava, quando foi surpreendido por um peixe de grande porte, possivelmente um Filhote ou Piratinga. Levou toda sua linha, sem que pudesse fazer nada. Achamos que pode ter sido um Filhote em razão de o peixe ter rumado para o meio do rio, em vez de buscar a vegetação da beira ou alguma galhada. Isso parece ser uma característica daqueles gigantes do Araguaia.

Nessa noite a pesca não foi boa; não logramos pegar nenhum peixe. Fomos dormir, cansados, mas satisfeitos com o correr da viagem até aqui. Nosso GPS informa já termos percorrido 676km. em linha reta, desde Aruanã. Até Marabá seriam mais 392km. As distâncias efetivas devem ser consideravelmente maiores, pois o equipamento não considera as muitas curvas e desvios a que o rio nos obriga.

 

Veja imagens relativas ao décimo quarto dia da viagem.

 

TAGs: Sem TAGs

Comentários

Para fazer um comentário, você precisa estar conectado. Clique AQUI e faça seu login.
Powered by EasyBlog for Joomla!